Cada vez mais se faz necessária a boa administração dos Resíduos de obras de todos os portes (pequeno, médio e grande).

A importância das chamadas “obras limpas” já é de consciência da maioria das construtoras e destinar os resíduos de forma correta tem benefícios que vão além dos relacionados a preservação do meio ambiente.

CONFORME RESOLUÇÃO ESTABELECIDA PELO CONAMA, A CTR RECEBE RESÍDUOS REUTILIZÁVEIS OU RECICLÁVEIS COMO AGREGADOS, DENOMINADO CLASSE A, TAIS COMO:

a) de construção, demolição, reformas e reparos de pavimentação e de outras obras de infraestrutura, inclusive solos provenientes de terraplanagem (CONCRETO ARMADO E SIMPLES);

b) de construção, demolição, reformas e reparos de edificações: blocos, telhas, placas de revestimento, argamassa e concreto (CONCRETO ARMADO E SIMPLES);

c) de processo de fabricação e/ou demolição de peças pré-moldadas em concreto (blocos, tubos, meio-fios etc.) produzidas nos canteiros de obras (PRÉ-MOLDADOS);

 


OS RESÍDUOS QUE RECEBEMOS